Pintura e Montagem de Brinquedos

Faixa etária:  6 a 12 anos

Duração: 40 min.

Descrição

A oficina aborda 3 etapas. Primeiramente, destacamos as peças dos brinquedos Ludosia, que encntram-se fixados de forma fácil de destacar. Posteriormente pintamos as peças, utilizando lápis de cor, tinta guache, canetinhas e giz de cera. Por fim, montamos os objetos formando o brinquedo, que deixa de ser um placa 2D, para ser um objeto 3D. Pode-se montar primeiro, e pintar depois, de acordo com o gosto do participante.

Objetivos pedagógicos

  • coordenação motora fina
  • pensamento lógico
  • desenho e pintura
  • desenvolvimento cognitivo
  • socialização
  • criatividade

Habilidades e atitudes desenvolvidas

  • técnicas de pintura
  • aprendizagem por dedução
  • introdução ao hobbymodelismo
  • costumização de objetos

Conteúdos envolvidos

  • artes plásticas
  • folclore
  • lógica
  • matemática
  • brinquedos tradicionais

Materiais e ferramentas necessários

  • placas de mdf e corte a laser
  • pincéis
  • tintas guache
  • lápis de cor
  • giz de cera
  • papel em branco

Condução da atividade

  • Passo 1 – apresentação dos modelos disponíveis
  • Passo 2 – distribuição das plaquinhas para os participantes
  • Passo 3 – facilitação na desmontagem
  • Passo 4 – dar suporte para colorir e pintar
  • Passo 5 – montar o brinquedo
  • Passo 6 – escrever um texto ou fazer um desenho sobre o processo

Estratégias e dicas de facilitação

  • Hoje a tecnologia do petróleo está excessiva, nos fornecendo uma infinidade imensa de variação no plástico. Criar uma atividade com derivados da madeira, faz lembrar os brinquedos à moda antiga, que hoje estão novamente ganhando mercado.
  • MDF é um produto sustentável pois é oriundo da serragem gerada pelo corte nas madeireiras.
  • Criar um brinquedos, onde se pinta e costumiza, dá à criança algo importante. Ela não está ganhando um brinquedo pasteurizado, comprado numa grande loja. Mas está pintando e colorindo um objeto que será único, com a cara dela. Isso gera maior cumplicidade da criança com o brinquedo, ampliando a relação de afeto também.

Sugestões para replicação e adaptação

– Este campo é opcional – exclua caso não se aplique.

  • Pode-se trabalhar tinta de terra, no lugar de tinta guache
  • As placas podem ser feitas à mão, com papelão, caso não tenham comprado as plaquinhas da Ludosia Brinquedos
  • Se quiser, pode-se somente montar os brinquedos, sem pintar nem colorir, o que empobresse a atividade, mas é perfeitamento possível.
  • O trabalho pode também ter como público-alvo: professores, brincantes, pegagogos, bibliotecários, agentes culturais e arte-educadores.

 

IMG_6287IMG_6289IMG_6290IMG_61322IMG_60942IMG_6098IMG_6097IMG_6141

 

Referências

Pedagogia da Autonimia, Paulo Freire

Brinquedo e Cultura, Giulles Brugere

Sobre os autor

Rafael Sol é arte-educador, idealizador da Coluna Reciclagem Divertida que circulou em jornais do Brasil afora. Trabalho com teatro de Mamulengo. É membro da Comissão Mineira de Folclore e cria brinquedos dentro do movimento maker. Instagram @rafael_sol

 

 

 

Por favor, não altere a formatação do documento e busque não exceder 3 páginas.

 

Publicado por rafaelsol

arte-educador e bonequeiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: